Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




No meio é onde está a virtude

por Antonovsky, em 02.12.07

No meio é onde está a virtude - Esta frase é muito conhecida e pode ser interpretada nas mais diversas perspectivas e contextos. Porém, penso que o seu verdadeiro sentido é um apelo à moderação e à normalidade.

Explicando melhor (espero eu), a maioria das pessoas tendem a optar pelo comportamento mediano e não extremista perante as situações, que ainda caracteriza o que nós chamamos de normalidade.  Ou seja, não devemos adoptar uma postura demasiado passiva, nem demasiado agressiva, não devemos ser cobardes, mas também não nos devemos armar em heróis, não devemos ser santinhos, nem demónios, nem pouca auto-estima, nem excesso de confiança. Por isso, o meio é a virtude de quem analisa as situações e opta por uma discreta presença, mas suficiente para demonstrar as suas ideias e fazer valer a sua opinião.

Todavia, o que eu tenho a CERTEZA, é que esta frase nada tem a ver com os condutores que utilizam constantemente a faixa do meio para circularem pacatamente numa auto-estrada ou via rápida que tenha pelo menos três faixas de rodagem. Porque isto meus amigos, não tem nada de virtuoso, tem é muito de irritante para quem gosta de cumprir e vai na faixa da direita, como o código descreve, tendo depois de optar por:

Hipotese A) Ultrapassar pela direita e sujeitar-se que o condutor que vai no meio, lembre-se nesse preciso momento de encostar à faixa que a lei obriga e empurrar-nos para a berma.

Hipotese B) Passar para a faixa do meio e fazer sinais (luzes, por ex.) para que o condutor encoste à direita, para nós o podermos ultrapassar sem problemas.

Hipotese C) Passar para a faixa do meio e depois para a faixa da esquerda, ultrapassando o referido condutor e voltando para a nossa faixa da direita. Nesta manobra, temos de atravessar perigosamente todas as faixas de rodagem com os olhos no espelho, precavendo outros condutores mais rápidos e sem paciência que venham atrás.

Consequências: Nós é que ainda podemos ser acusados de fazer manobras perigosas nas hipoteses A (ultrapassagem pela direita) e C (cruzar todas as faixas). Quanto à hipotese B, pode sempre acontecer que haja algum problema com o condutor da faixa do meio. As pessoas hoje em dia não têm muita tolerância e acham que têm sempre razão (mesmo quando não a têm) o que leva muitas vezes a discussões inúteis e por vezes confronto físico. Por isso temos de avaliar bem a situação e optar por uma solução pacífica e viável que seja eficaz. Mas acima de tudo tentar cumprir o código e facilitar a nossa condução e a dos outros. A estatística de acidentes de viação no nosso país é uma vergonha e cabe a nós todos (quem conduz, obviamente) desempenhar um papel civilizado de condutores sensatos e cuidadosos.

 

Inquérito Online :P

O que é que lhe irrita mais na estrada?

a) Condutores "agressivos" que executam manobras perigosas.

b) Condutores "super cuidadosos" que levam os outros em desespero a executar manobras perigosas.

c) A Polícia que não deixa executar manobras perigosas.

d) Nada me irrita na estrada, gosto de conduzir e pronto

e) Tudo me irrita na estrada, não gosto de conduzir.

f) Outras coisas. Quais?

 

Todos são convidados a responder e a acrescentar as suas opiniões.

Fiquem bem e até ao próximo post.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:33


5 comentários

Imagem de perfil

De A Mona Lisa tinha Gases a 04.12.2007 às 16:57

Hum... Os agressivos irritam-me sempre um bocado, mas aqueles que vão na faixa do meio a 50 deixam-me doida! Estes dois, não consigo escolher!
Beijinho
Imagem de perfil

De Antonovsky a 04.12.2007 às 21:37

LOL, de facto é difícil escolher. Obrigado :)
Sem imagem de perfil

De Martita a 12.12.2007 às 12:57

Alguém que me entende!
Como é possível a quantidade de automobilistas que circulam na via do meio sem perceberem ( ou fazendo-se despercebidos!) que não deveriam ir ali?!
Por vezes chamo a atenção a amigos e eles ainda me respondem que vão no limite de velocidade ou que há sempre a esquerda para ultrapassar... não compreendem que só DIFICULTAM!!!!
enfim, depois de algumas buzinadelas e desentendimentos gestuais alguns resignados saem temporariamente do centro, mas voltam, voltam sempre a via central .... há alguma razão?! uma que seja?
Amigos, quem circula atrás de vocês ou vos ultrapassa está certamente chamar nomes e a ofender-vos a mãe ( o que não agrada a ninguém !) . Evitem e circulem pela direita sempre que possível , POR FAVOR!!!!!

voto na b) esses condutores cuidadosos podem tornar-se mto perigosos...
Imagem de perfil

De Antonovsky a 13.12.2007 às 20:23

Tb acho que às vezes os lentos podem ser bem perigosos... Obrigado pelo contributo ;)
Sem imagem de perfil

De Sérgio Lopes a 13.07.2015 às 17:58

A frase "No meio é onde está a virtude" está incompleta, quando completa, como o seu autor a proferiu, então é cllaro que o seu verdadeiro sentido é um apelo à moderação. A frase completa é:

"No meio está a virtude, sendo os extremos vícios", tal como a escreveu em "A Ética a Nicómaco (em grego: Ἠθικὰ Νικομάχεια transl. Ēthicà Nicomácheia; em latim: Ethica Nicomachea) é a principal obra de Aristóteles sobre Ética. Nela se expõe sua concepção teleológica e eudaimonista de racionalidade prática, sua concepção da virtude como mediania e suas considerações acerca do papel do hábito e da prudência.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Dezembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031