Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Identidade Lusitana

por Antonovsky, em 25.02.13

Nada melhor para um povo que vive um período de crise que relembrar os feitos históricos da sua nação. Quando tudo parecia perdido, quando os adversários eram em muito maior número, quando as situações surgiam de uma forma inesperada e sombria, sempre conseguimos ultrapassar os obstáculos que o destino nos colocou. Com maior ou menor dificuldade, com o sacrifício de muitos e o heroísmo de alguns Portugal foi escrevendo a sua história.

Este livro é muito simples e reune episódios heróicos, caricatos e corajosos dos portugueses. Sob o título "Homens Espadas e Tomates" relembra uma identidade lusitana que nos ultimos anos parece ter sido esquecida. Porventura, alguns destes episódios serão exagerados pelos cronistas da época, no entanto, ninguém duvida de que aconteceram, pois há registos e memórias que se perpetuaram e são neste livro descritas algumas que merecem a nossa admiração. Fica aqui a sugestão para elevar a alma Lusitana.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38


O Homem numa "análise barata"

por Antonovsky, em 24.02.13

Análise Barata “Ser Humano”

 

Ser vivo

Ser inteligente

Ser construtivo

Ser indigente

 

Ser complexo

Ser organizado

Ser sem nexo

Ser disciplinado

 

Ser racional

Ser emotivo

Ser sensacional

Ser destrutivo

 

Ser amistoso

Ser passional

Ser raivoso

Ser animal

 

Ser incompreendido

Ser desperto

Ser introspectivo

Ser liberto

 

Ser predador

Ser presa

Ser dominador

Ser da natureza

 

Que complexidade imperfeita

De tão difícil entendimento

Que nem o próprio se conhece

Em todos os seus momentos

 

Defeitos e virtudes

Esta análise constata

De tão grandes amplitudes e de certezas incertas

É de facto, uma análise barata

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:38


Ser humano é ser gente

por Antonovsky, em 23.02.13

Ser humano é ser gente

 

Ser humano é ser gente

Complexo, (des)contente

Limitado, (des)crente

Olhando o mundo de frente

 

É ser animal com razão

Ter posses ou sem tostão

Lutar por uma nação

Ou fugir sem direção

 

É ser quebrado ou orgulhoso

Humilde ou espantoso

Desconhecido ou famoso

Invisível ou luminoso

 

É ser um criativo artista

Um obtuso realista

Um brilhante cientista

Um astuto vigarista

 

É ser alguém entalado

Neste tempo limitado

De vida, proporcionado

Que tem de ser conquistado

 

Será que é este conhecimento

Que nos traz o tormento

E retira o embelezamento

Deste mágico momento?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:40


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Agosto 2015

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Posts mais comentados