Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Snail Mail...

por Antonovsky, em 14.07.07

É interessante como as coisas evoluem. Actualmente com os telemóveis e a internet (através de e-mail,  MSN, Skype, etc..), o volume de cartas pessoais que recebemos de amigos ou familiares diminuiu consideravelmente.  Os postais e cartas que se recebia pelo aniversário ou outras alturas festivas foram substituídos, a maior parte das vezes, por SMS/MMS curtos, abreviados, rápidos e eficientes.

Lembro-me que antes tínhamos de calcular o tempo que a carta deveria chegar ao destinatário para que este recebesse no próprio dia (ou pelo menos o mais próximo possível). É claro que ainda existe muitas pessoas que utilizam o chamado "snail mail ", principalmente na época do Natal em que os postais ilustrados ainda têm uma grande tradição, assim como, as cartas dos miúdos ao Pai Natal.  Mas a verdade é que a novos meios vieram a facilitar a aproximação das pessoas. Temos disponíveis, texto, voz e imagem para utilizar quando quisermos e a um custo cada vez menor. Deve ser das poucas coisas onde os preços baixam, dado à concorrência e ao desenvolvimento tecnológico.

Porém, quando chego a casa tenho sempre alguma coisa na caixa de correio. Ou são cartas  personalizadas dos meus "amigos" (EDP, Serviços Municipalizados, DGCI, etc.), como as contas da água, da luz, do gás, extractos bancários, finanças, etc. Ou são gerais para a população do bairro (os chamados Spam dos e-mails) que são, nada mais nada menos, que a publicidade das grandes superfícies comerciais, e tantas outras que vão desde a lojinha da esquina, à senhora que engoma roupa e vende pastéis, ou as excursões de idosos a sítios magníficos e a bom preço que incluem sempre uma demonstração de um produto espectacular.

É claro que tenho um autocolante a dizer, PUBLICIDADE NÃO, OBRIGADO, mas tenho de chegar à conclusão que recebo mais tralha da caixa do correio que há uns anos atrás em que o correio snail mail " era praticamente o único.

É interessante a evolução das coisas... :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:28


4 comentários

Sem imagem de perfil

De CARPE DIEM a 17.07.2007 às 04:26

SOFRIA TANTO À ESPERA DE CARTAS DE AMOR QUE AS VEZES NUNCA VINHAM QUE O CARTEIRO JÁ SE RIA PARA MIM :d
Imagem de perfil

De Antonovsky a 17.07.2007 às 13:36

Mas aposto que não perdias a esperança e no outro dia lá estavas outra vez...Quanto ao carteiro, se ele continuasse assim, soltavas o seu grande adversário desde que existem carteiros ... um cãozinho simpático :-)
Obrigado
Imagem de perfil

De daplanicie a 17.07.2007 às 10:27

Realmente nunca mais recebi aqueles fantásticos postais dos amigos em férias, nem cartas de familiares que eu adorava ler, nem mesmo os cartões de parabéns e sinto uma enorme nostalgia quando penso nisso. E odeioooo as quantidades infinitas de papel que se gastam em Portugal para enfiar à força nas caixas de correio a dizer que as peras estão 2 cênt. mais baratas ou coisa parecida!
Imagem de perfil

De Antonovsky a 17.07.2007 às 13:45

É verdade, era algo muito pessoal. E há ainda outro senão, os colecionadores de postais e selos se quiserem aumentar a sua colecção têm de os compras nas feiras da especialidade ou nos correios e lojas. Deixou de haver aquelas malas ou baús com cartas antigas da familia :(
Quanto ao "lixo" francamente não sei que fazer :P

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Julho 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031