Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Uso e porte de cão

por Antonovsky, em 23.04.07

Não é preciso ser muito entendido sobre canicultura para saber que cada raça canina tem determinadas características que a definem. Existem cães de pastoreio, de guarda, de caça, de busca e salvamento, etc... Com treino e dedicação as suas características podem ser aperfeiçoadas e utilizadas ao serviço do Homem, não é por acaso que o cão é o seu melhor amigo.

No entanto, existem raças que foram apuradas ao longo dos anos para defesa (de bens e/ou pessoas) e, por vezes, para lutar, onde se pretende que o cão tenha uma agressividade controlada pelo dono(s) e que seja despoletada só em determinadas situações/estímulos. São animais com uma massa muscular bastante desenvolvida e mandíbulas poderosas, geralmente de médio ou grande porte que podem fazer bastantes estragos quando enfurecidos.

Ultimamente tem sido notícia ataques de animais deste tipo a pessoas desprevenidas e cuja gravidade pode chegar mesmo á morte da pessoa atacada. Na minha opinião, acho que tem de haver um controlo legislativo e efectivo destas situações. Concordo com os defensores dos animais que alegam que os donos têm culpa na maneira como criam e educam, mas devo lembrar que o animal não é uma máquina que se liga e desliga quando nós queremos. O cão é um ser vivo e como tal, pode ter comportamentos imprevisíveis que por mais "educado" que seja e que varia de gravidade conforme o seu porte. 

Por outro lado, é moda ter cães destas características e as possibilidades destes terem donos incompetentes e animais imprevisíveis aumenta substancialmente, assim como, a probabilidade de ataques. Eu preocupo-me principalmente com crianças cuja percepção do perigo e a sua auto-defesa é diminuta... Portanto, sou a favor da licença de uso e porte de cão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:14


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930