Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Keep moving, Keep working, Keep playing

por Antonovsky, em 27.04.13

Nesta vida tão agitada

há sempre algo a fazer,

empregos de fachada

trabalhos a doer.

Tarefas e tarefas

umas ingratas, outras por prazer

preenchem o nosso tempo,

dando sentido ao viver.

 

Os diversos papéis que representamos

têm muitas falas e atos

e se por vezes nos fartamos

temos sempre que "vestir o fato",

arregaçar as mangas, ir à luta

crescer, ser responsável,

o desempenho é uma labuta

que a sociedade requer apresentável.

 

E quando não nos apetece nada fazer

não mexer uma única palha

surge sempre uma tarefa chata,

Oh! Que Deus me valha.

Mas também é pura verdade

que quando o ócio é ocupação

ficamos inquietos em demasia

e a nossa cabeça exige ação.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:26


Poema: "Desafio à Cidadania Participativa"

por Antonovsky, em 05.04.13

Porque é que só te lembras,
Óh Povo desinteressado,
dos assuntos urgentes
quando caem a teu lado?

Porque abandonas a discussão,
Dás uma resposta torta,
não queres saber de nada
... até os problemas baterem à porta?

Deverás ser mais atento,
deverás ser mais vigilante,
interessa-te pelo que te rodeia
Perde, na vida, um instante.

Não rejeites a informação,
ouve os dois lados da história
assim, nos outros, a tua opinião
ficará na memória.

Não faças só barulho,
não faças só confusão,
pois, perde-se no entulho
a mensagem da multidão

Sê direto e objetivo,
determinado, diz o que pensas.
uma verdadeira argumentação
terá as suas recompensas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:22


O Homem numa "análise barata"

por Antonovsky, em 24.02.13

Análise Barata “Ser Humano”

 

Ser vivo

Ser inteligente

Ser construtivo

Ser indigente

 

Ser complexo

Ser organizado

Ser sem nexo

Ser disciplinado

 

Ser racional

Ser emotivo

Ser sensacional

Ser destrutivo

 

Ser amistoso

Ser passional

Ser raivoso

Ser animal

 

Ser incompreendido

Ser desperto

Ser introspectivo

Ser liberto

 

Ser predador

Ser presa

Ser dominador

Ser da natureza

 

Que complexidade imperfeita

De tão difícil entendimento

Que nem o próprio se conhece

Em todos os seus momentos

 

Defeitos e virtudes

Esta análise constata

De tão grandes amplitudes e de certezas incertas

É de facto, uma análise barata

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:38


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Agosto 2015

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031